Deixe um comentário

Para a criação ao sentimento

290972_207432419312708_4070073_oDiego A. Fonseca, Xilogravura, “Fatia doce da vida” 2012

“Se a própria existência cotidiana lhe parecer pobre, não a acuse. Acuse a si mesmo, diga consigo que não é bastante poeta para extrair as suas riquezas. Para o criador, com efeito, não há pobreza nem lugar mesquinho e indiferente”

Rilke na citação acima coloca a importância do sentimento à criação, ao aconselhar o Jovem Poeta Kappus, à criação a partir da realidade na qual vive. Se para Kappus for pouco essa realidade para suas criações, então Rilke pede a ele que encontre algo que o satisfaça. Pois a criação não nasce somente de ideias que envolvem o ser e seu estado com o mundo, mas sim de uma vontade que está dentro do artista. Rilke salienta ainda a necessidade de por para fora todos os sentimentos a partir da arte. Neste momento a minha produção se vale da procura, ou seja, eu procuro uma felicidade e junto a ela o significado que ela me traz. A continuidade de todo o ritual, do pegar a madeira abandonada, usá-la de forma que a imagem venha a aparecer espontaneamente, se tornou algo de meu existir para fazer gravura. Essa vontade, nascida do tempo e das possibilidades permitidas pela madeira, me fez acreditar em algo em mim mesmo que pode se tornar uma experiência para toda a vida. A citação abaixo de Kahlil Gibran influencia meus pensamentos na procura de uma identidade enquanto solitário.

“O óbvio é aquilo que ninguém enxerga, até que alguém o expresse com simplicidade”

Para complementar minha pesquisa, apresento um vídeo intitulado Despedida. O texto do filme trata de uma poesia escrita por mim, onde ela é conduzida a um sentimento de tristeza. Portanto quando termina o texto dizendo Somente para seguir sendo, Busco a luz na sombra da decepção, é nada mais que um agradecimento ao pessimismo que me faz produzir. Um sentimento que para mim se tornou fundamental para o encontro com meu ser artista. Cada lance de imagem no vídeo torna-se um momento de criação. Quando a passagem acontece da figura para o texto, a imagem em movimento mostra uma representação do sentimento enfraquecido pelo tempo.

http://www.youtube.com/watch?v=4ID_mN7yuBk (vídeo)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: