Deixe um comentário

Stockinger e o Desenho

Desenho pouco, em geral à noite. Na maioria, estudos para esculturas em pedra. É a hora intermediária entre a lucubração e o sono: quase sempre desenhos pequenos feitos em cadernos de desenhos também pequenos. Divirto-me com isso.

Claro que desde pequeno desenho e gosto de desenhar. Quando entrei para o Mackenzie, em São Paulo, numa das primeiras noites me sentei atrás de um indivíduo que desenhava. Meu olhar ficou preso no desenho: era um trem entrando num túnel (até hoje me lembro). Achei lindo.

Naquela época havia também, num suplemento literário de jornal, aos sábados, um desenhista chamado Belmonte, que ilustrava poemas de Cassiano Ricardo, e tudo isso me puxava pro desenho. Mais tarde eu vi no “Suplemento Juvenil”, num jornal do Rio de Janeiro, as histórias em quadrinhos de dois artistas que me entusiasmaram: Alex Raymond, Flash Gordon, Harold Foster, Príncipe Valente; foram eles que me fizeram desenhar.

Nessa época praticamente não existiam livros de arte. Posso dizer que me tornei artista partindo das histórias em quadrinhos.

 

 

Anos depois, quando trabalhava na Navegação Aérea Brasileira, olhando um quadro negro cheio de avisos vi um nome, René da Rocha Reader, um nome que não se esquece: era o indivíduo que havia desenhado o trem entrando no túnel. Fui direto procurá-lo; era um mecânico. Perguntei se ainda desenhava e se lembrava do desenho do trem. Não lembrava e achou que eu era um maluco qualquer.

francisco-stockinger-gravura-arte-moderna-brasil-quadros_MLB-O-93975873_8816

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: