Deixe um comentário

Prova de Artista: percursos coincidentes na gravura e na poesia

imagesClébio Maduro, gravura em metal

Resumo:
Discutimos neste artigo a hipótese de que gravura e poesia são construções cujas gêneses se aproximam por meio de operações e atitudes compositivas semelhantes, pois apontam para uma forma final comum, a impressão no papel. Procuraremos por vestígios de processos de elaboração, construção e impressão. No domínio da poesia, dialogaremos com a produção e as reflexões de João Cabral de Melo Neto e Haroldo de Campos, que muito falaram acerca de influências e subjetividades que incidiram no processo criativo. Este material será confrontado pelas gravuras de três artistas brasileiros em atividade, Clébio Maduro, Evandro Carlos Jardim e Mario Gruber, que compartilham concepções estéticas próximas e integradas à produção brasileira contemporânea.
Introdução
O artigo busca aproximações entre as operações compositivas na poesia e na gravura. A estratégia adotada foi apontar tais evidências nas reflexões pessoais e entrevistas de João Cabral de Melo Neto e Haroldo de Campos 1, alem de textos relacionados à fortuna critica, e confrontar tais evidencias com as gravuras dos artistas Clébio Maduro, Evandro Carlos Jardim e Mario Gruber. Sobre JCMN, recorremos principalmente a seu livro Prosa, (MELO NETO, 1998), que contém a transcrição da conferencia “Poesia e Composição”. Para HC, visitaremos o ensaio Teoria da Poesia Concreta (CAMPOS, PIGNATARI, CAMPOS, 2006), seleção de material por ele publicado nos anos 50 e 60, que traz também textos de Augusto de Campos e Décio Pignatari. A poesia e a gravura possuem suporte final comum, rastro da ocorrência estética: a impressão sobre o papel. Será então em direção a esta perspectiva que pretendemos delinear um conjunto de possíveis eventos que possam revelar, em alguma medida, que elementos formadores e articulações de idéias incidiram sobre o processo construtivo, na gravura e na poesia destes artistas.

Completo:http://www.abralic.org.br/anais/cong2008/AnaisOnline/simposios/pdf/031/CARLOS_VALADARES.pdf

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: